Skip to content

Procura-se: Dave Finlay!

21 de abril de 2010
by

Olá meus caros, passado alguns dias da minha última postagem, apareço neste Feriado para expor certos pensamentos e opiniões quanto ao “desaparecimento” de Finlay, O Homem que Ama Lutar. Por favor, não contactem as autoridades, pois o wrestler em questão desapareceu apenas dos ringues da WWE e será sobre isso que irei comentar.

Vá na continuação da postagem e veja mais este texto.

Leia mais…

Anúncios

O caso Hardy.

12 de abril de 2010
by

Passada uma longa jornada de provas escolares, venho com mais um de meus textos, com o objetivo de comentar um wrestler que vêem passando por certos “apuros” dentro da WWE, este é Matt Hardy.

Todos aqui conhecem o talentoso Matt Hardy, ele é o irmão mais velho de Jeff Hardy, já conquistou ínumeros Títulos, posso citar os de Duplas, Europeu, American, Pesos-Leves & da ECW. Vocês devem ter percebido que esta lista não conta com nenhum Cinturão Mundial (leia-se WWE ou World Heavyweight Championship). Matt é um dos poucos veteranos da Empresa que não conseguiu um destes Títulos, e por isso, já o ouvimos reclamar – de forma indireta – ou “pedir” seu espaço na Companhia para chegar ao “Main Event”.

A pergunta é: “Será mesmo que Matt Hardy está em condições de chegar em tal posição?”.

Eu penso que não, Matt vêem demonstrando má vontade dentro dos ringues, a vitória do ECW Championship em 2008 foi uma grande oportunidade de consolidação, mas ao contrário do que era esperado, Hardy se acomodou com o Cinturão, e por isso, acabou sendo foi obrigado à entrar naquela rivalidade totalmente ridícula com seu irmão no ínicio de 2009. Veio então uma lesão que poderia ajudá-lo à voltar em forma, porém vimos que nada adiantou, pois a sua “barriga de cerveja” continuava alí, então para piorar o personagem, a WWE ainda o obriga à forma dupla com The Great Khali e o resultado disso não poderia ser nada bom. Algo que me chama a atenção é ver o “pop” que ele recebe à cada show do Smackdown, uma coisa surpreende, muitos wrestlers que fazem parte do alto escalão da WWE não conseguem ouvir tantas vezes seus nomes durante os combates.

Mesmo assim, Hardy não está apto ao “Main Event” do Smackdown, ele deve recuperar a boa forma física e depois disso, tratar de melhorar ainda mais suas habilidades dentro do ringue e com o microfone. Uma boa técnica seria “menos festas e mais treinos”, entretanto, a vida e a carreira são dele e julgo que só condiz ao próprio querer nadar ou afundar.

Obrigado pela atenção e até a próxima.

O heel da atualidade!

2 de abril de 2010

É nítida a evolução que este wrestler apresenta atualmente! Com uma das melhores gimmick’s dos últimos tempos, conseguindo ótimas promos, ajuntadas com boas expressões faciais e uma representação de um grande performer. Tais aspectos que o faz ostentar um reino no SmackDown! E esta sua ótima fase é capaz de fazer-nos esquecer o fiasco quando este foi campeão mundial (o seu primeiro reinado).

Arrisco-me ao dizer que  CM Punk possa tornar-se, mesmo estando no início do ano, o grande heel de 2010! E que esta rivalidade com Rey Mysterio, que teve seu combate “assassinado” na WrestleMania, é uma forte candidata a feud do ano. Os meus olhos foram abrilhantados ao ver a família de Rey entretida, à qual me fez recordar a rivalidade com o finado Eddie Guerrero. Resta ao Rey apresentar expressões mais ardentes quando se encontra com Punk.

É o período de CM Punk, sem dúvida! Devem explorá-lo ao máximo!

——————-

Já na zona de impacto…

Há um wrestler que está a fazer um trabalho grandioso como heel. É um espetáculo no microfone! Falo de Mr. Anderson (… Anderson)! A sua habilidade ao microfone é fantástica, sendo um atributo essencial neste desporto. Entretanto, aguardo por uma evolução de Anderson no que concerne à “ring-skills”, no qual creio que esteja no nível de um mid-card. A sua rivalidade com um dos melhores lutadores técnicos poderá ensiná-lo a fazer uma melhor história em um ringue. Assim espero.

As expressões faciais, o humor e o modo que este “vende” os golpes  são excelentes. E assim, vem mostrando para Vince e a Orton que sabe fazer muito. Com um trabalho em ringue tolerável (próximo ao decente) e uma magistral habilidade ao microfone poderá culminar numa conquista em breve.

——————–

O Hartt estava enganado?

1 de março de 2010

Buscando replicar às contestações quanto ao meu comentário relacionado aos Nasty Boys, veiculo esta postagem. Utilizei o termo “overrated” como uma denominação a esta tag-team, tal ação que gerou algumas objeções dos poucos visitantes deste blog.  Com isso, anexo os vídeos do combate que Brian Knobbs e Jerry Sags confrontaram a Team 3D, no PPV Against All Odds, da TNA. Utilizo-os, mesmo tardiamente, como uma prova plausível e sólida para a minha afirmação. Julgo este combate como abaixo do medíocre, transparecendo as limitações dos anciões obesos.

 

E agora, para onde ele vai?!

26 de fevereiro de 2010
by

Bom, já não era sem tempo, estou com mais um texto para vocês leitores. Já deve ser do conhecimento de vocês que The Hurricane (a.k.a Shane Helms/Gregory Helms) foi demitido da WWE, junto com Paul Burchill. Neste artigo, irei relatar um pouco da personagen que Helms representou na companhia de Vince McMahon, além de seu moments atual e seu futuro no wrestling. Sem muita enrolação, vamos ao que interessa, clique na continuação e veja meu segundo texto no 4 Cantos do Ringue.

Leia mais…

A efêmera passagem de Daniels pela WWE.

16 de fevereiro de 2010

Pois é, Christopher Daniels já passou pela federação de Vince McMahon. E assim como AJ Styles, Alex Shelley, Matt Morgan, Low Ki, Bryan Danielson, e outros; não vingou na WWE. Mesmo assim, não é nenhuma perca de tempo visualizar vídeos e/ou ter conhecimento sobre essa passagem. Termina por ser irrefutável que, esta postagem seja um acréscimo para àquela alcunha desprezível concedida a TNA (vide lixeira da WWE). No entanto, e para evitar equívocos, digo-vos que durante a passagem desse pro-wrestler pela WWE, a federação de Orlando inexistia. Com isso, não o podemos considerar um “lixo da WWE”, se é que podemos fazer isso, pois desprezaríamos as magníficas habilidades deste lutador.

Leia mais…

Como é bom estar em casa!

15 de fevereiro de 2010
by

Como é bom estar de volta! Leitores, eu me chamo Pedro, e sou o mais novo membro do “Quatro Cantos do Ringue”. Está é minha segunda passagem por este blog, estive aqui há algum tempo atrás, essa foi a casa que me lançou à blogosfera, e por isso, sou muito grato. Mesmo com a alegria de voltar, irei mencionar um retorno mais importante do que o meu, vou falar, em breves linhas, sobre a volta do “Capitão Carisma” Christian, à WWE, no ano passado.

Christian… O atual ECW Champion… O Homem que foi ínumeras vezes Campeão de Duplas na WWE, Intercontinental & European Champion, além de TNA World Heavyweight Champion (ou se preferir, NWA World Heavyweight Champion)! Sim, o atual “Capitão Carisma” já foi Christian “Cage”, quando trocou de Empresa, em meados de 2005, rumando da WWE para a TNA, mas que após 4 anos, voltou à Companhia que o lançou. Confesso que me surpreendi quando o ví na ECW, interrompendo o até então ECW Champion, Jack Swagger. Entretanto, sinto que para ele, devia ser um grande momento, afinal, ele estava de volta à WWE, poderia continuar escrevendo sua história dentro daquele Federação que abriu suas portas, para que ele mostrasse tudo o que podia no final dos anos 90. A vibração do público foi contagiante, era sem igual, Swagger estava boquiaberto, enquanto a mais nova surpresa da ECW subia para o ringue. Melhor ainda, foi vê-lo em ação, defrontando o “Campeão”, e ao final, vencendo-o, mesmo que com uma pequena ajuda de Finlay. O “WWE Universe” pôde ver um Christian amadurecido, com uma técnica mais aprimorada, e em boa forma física.

https://i0.wp.com/farm4.static.flickr.com/3520/3270769415_487a72ffe1.jpg

É incrível como um retorno pode mudar tudo, Christian não ía bem na TNA, e sua volta à WWE veio na hora certa, pois a ECW precisava de uma nova “cara”, e a “máscara” serviu no “Capitão Carisma”. O ECW Championship não demorou para chegar, e ele acompanha Christian até os dias atuais. Como é bom voltar ao lugar de onde saímos, para mim será muito bom ficar no Quatro Cantos do Ringue, Christian alcançou o ECW Title rapidamente, espero conseguir meu Título aqui dentro com a mesma “velocidade”, fazendo o melhor trabalho possível.

Agradeço ao Hartt, por me convidar e espero não decepcionar ninguém, obrigado, e até breve.